18ª edição do Cena Contemporânea. Festival traz a Brasília uma programação sobre tolerância, liberdade e respeito às diferenças

A Caixa Econômica Federal está patrocinando a 18ª edição do Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília, que acontece de 22 de agosto a 3 de setembro. Com 23 espetáculos nacionais e internacionais, essa edição do festival traz uma programação que fala sobre tolerância, liberdade e respeito às diferenças. Os ingressos começam a ser vendidos nesta terça-feira (8) na bilheteria da CAIXA Cultural Brasília.

O Cena Contemporânea é um dos cinco maiores festivais de teatro do Brasil e, nesta edição, as apresentações se estendem a vários palcos de Brasília. A programação conta com cinco atrações vindas da Espanha, França, Colômbia e África do Sul; nove exibições produzidas em diferentes estados brasileiros; e ainda, nove encenações brasilienses.

A abertura do festival será no Teatro da CAIXA Cultural Brasília, dia 22 de agosto, às 21h, com o espetáculo sul-africano Black Off onde a atriz e diretora Ntando Cele usa o humor ácido para falar dos estereótipos ligados à população negra. Já a intolerância de gênero é abordada no espetáculo O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, que acontece dia 28 de agosto. Com texto da britânica Jo Clifford, a peça destaca um Jesus que volta à Terra na pele de uma transexual e mais uma vez é renegado e crucificado.

O Cena Contemporânea também traz para a CAIXA Cultural Brasília o diálogo entre música e movimento com o espetáculo francês-brasileiro Mutações: Dança e Percussão, no dia 25 de agosto, enquanto o contato com as culturas latino-americanas é retratado em Há Mais Futuro que Passado, espetáculo que ocorrerá nos dias 30 e 31 de agosto.

A programação no Teatro da CAIXA se completa com os espetáculos Teto e Paz, nos dias 26 e 27 de agosto, e A Moscou! Um Palimpsesto, nos dias 2 e 3 de setembro, ambos de Brasília. O primeiro é um trabalho da Cia La Casa Incierta com jovens abrigados nas Unidades de Acolhimento de Brasília. Nesse espetáculo, cinco destes jovens, que já tiveram passagens pela rua, dividem a cena com atores profissionais. Já A Moscou! Um Palimpsesto, fala sobre a degradação do tempo e a erosão dos sonhos ao contar a história de quatro irmãos que sonham em voltar para Moscou sem nunca conseguir.

A programação completa e as informações sobre demais locais de venda de ingressos estão no site www.cenacontemporanea.com.br. Além de apresentações na CAIXA Cultural Brasília, serão realizados espetáculos em outros espaços para eventos ou teatros, como no Teatro Funarte Plínio Marcos, teatros do SESC e Museu Nacional. Locais alternativos como Imaginário Cultural, Teatro Lieta de Ló, Parque Olhos D’Água, Praça do Conjunto Nacional e Praça da Bíblia na Estrutural, também receberão algumas apresentações.

Programação Cena Contemporânea na CAIXA Cultural Brasília

22/08 (21h) – Black Off – África do Sul
23/08 (21h) – Black Off – África do Sul
24/08 (21h) – Black Off – África do Sul
25/08 (21h) – Mutações: Dança e Percussão – Distrito Federal
26/08 (21h) – Teto e Paz – Distrito Federal
27/08 (20h) – Teto e Paz – Distrito Federal
28/08 (21h) – O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu – São Paulo
30/08 (21h) – Há mais futuro que passado – Rio de Janeiro
31/08 (21h) – Há mais futuro que passado – Rio de Janeiro
02/09 (21h) – A Moscou! Um Palimpsesto – Distrito Federal
03/09 (20h) – A Moscou! Um Palimpsesto – Distrito Federal

Serviço

Cena Contemporânea 2017
Local: Teatro da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Dias: de 22 de agosto a 3 de setembro de 2017
Programação completa no site: www.cenacontemporanea.com.br
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes) | Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Ingressos: à venda a partir de 8 de agosto
Informações: (61) 3206-6456